sábado, 30 de julho de 2016

Bumba-boi nas Olimpíadas 2016

Vai ter bumba-meu-boi nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em agosto e será  do sotaque de baixada. O Boi Unidos de Santa Fé será o representante da nossa cultura popular levando o legítimo folclore maranhense para o público em geral. Zé Olhinho, amo do boi, que já teve tantos momentos marcantes dentro da cultura popular, agora aguarda com ansiedade mais esse marco para o Boi Unidos de Santa Fé:  apresentar a sua música, seu ritmo e a magia do bumba-meu- boi  para o mundo.
“Da cultura popular da região Nordeste somente o boi de Santa Fé e um grupo de Pernambuco (com o projeto Clube Carnavalesco Mixto Seu Malaquias Frevando Nas Olimpíadas) foram selecionados. A gente só tem é que trabalhar para apresentar bonito nosso folclore e pra ver se a gente consegue o recurso para levar os integrantes”, comenta Zé Olhinho.
A Associação que representa o boi participou de um edital  do Ministério da Cultura, a Mostra Funarte de Festivais – Circo, Dança e Teatro e Circuito Funarte Cena Pública. Com recursos do Ministério da Cultura (MinC), ambos visam promover a cultura nacional por meio de programação artística em equipamentos da Funarte e em espaços públicos abertos no período dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016.
Depois de cumprir com várias exigências do edital o projeto do Boi, Arte Popular do Maranhão e a Encenação do Auto do Bumba-meu-Boi foi selecionado para participar da programação artística das Olimpíadas e já está credenciado para tal.
 “Acho que o trabalho que o Boi desenvolve há quase trinta anos, os nossos discos, nossas indumentárias, enfim, o trabalho e o reconhecimento que temos dentro da cultura popular somaram pontos para a gente”, avalia Zé Olhinho sobre o processo de escolha.
Além de ter feito uma toada exclusiva com o tema das Olímpiadas, o boi terá que encenar o auto do bumba-meu-boi. Quarenta e cinco integrantes estão se preparando para as apresentações nas cidades de Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP). Em Belo Horizonte, o grupo será recebido na Praça da Estação, nos dias 3 e 4 de agosto, a partir das 20h. Nos dias 5, 6 e 7 de agosto, o Boi vai para São Paulo, onde os brincantes se apresentarão no Morro do Querosene, tradicional reduto da arte e cultura popular brasileira.
 O edital  Circuito Funarte Cena Pública contemplou 10 projetos, com premiação de R$ 100 mil para cada selecionado. Entre os dias 3 e 20 de agosto, cada selecionado vai promover a circulação de espetáculos, performances cênicas ou intervenções em espaços públicos abertos em duas das cidades onde serão disputadas partidas de futebol durante os jogos – Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Salvador e São Paulo. O investimento total é de R$ 1,1 milhão. O principal objetivo deste edital é valorizar e fomentar a arte de rua e o uso dos espaços públicos.

Os festejos juninos
Apesar de lamentar a redução de apresentações em espaços públicos em comparação ao ano passado, Zé Olhinho avalia que a temporada junina deste ano foi bem positiva. Ele destaca inclusive, uma participação da cantora Rita Benneditto em uma apresentação na praça Maria Aragão onde cantaram juntos a toada Guerreiro Valente. A parceria fará parte do documentário Encantos, que conta a trajetória  e as raízes maranhense de Rita Benneditto. O DVD deverá ser lançado  em breve.
“A irmã dela entrou em contato conosco pra gente acertar a parceria e nós combinamos, acertamos como seria. Foi muito bonito, ela é uma grande artista, muito carismática, e nós tivemos o maior prazer de cantar juntos. Isso só vem a enaltecer a cultura da nossa gente”, comenta Zé Olhinho.

28 anos de estrada
O Boi Unidos de Santa Fé, antes Boi de Pindaré 2, já  existe há 28 anos e tem a sede situada no Bairro de Fátima. Além de Zé Olhinho, o grupo é coordenado por Raimundo Miguel Ferreira e João Madeira Ribeiro.
Atualmente 18 membros compõem a diretoria, 40 integrantes no cordão, 25 Índios, 35 Índias, 50 Cazumbás, 20 Batuqueiros e um atuante grupo de apoio de aproximadamente 25 pessoas.
Referência para o Bairro de Fátima, onde a brincadeira nasceu e tem sede,  o Boi Unidos de Santa Fé possui 6 CDs gravados e têm destacada atuação nas festividades culturais do Estado, muito requisitado para apresentações em arraiais públicos e particulares, levando a beleza de seu espetáculo, onde a batida dos pandeirões são fortes e vibrantes, soando com altivez, harmoniosas toadas.
No começo, os 45 brincantes se reuniam no Barracão da Escola de Samba Unidos de Fátima, que foi cedido pelo diretor da escola até que o grupo adquirisse uma sede própria. “E a gente recebe muita gente daqui e de fora querendo conhecer o boi, então agora juntamos um dinheirinho e reformamos a nossa sede, porque os visitantes merecem encontrar um lugar agradável e acolhedor”, diz com a simpatia de sempre o amo do Boi Unidos de Santa Fé.

O amo do boi
Nascido em 1943 no município de São Vicente de Férrer, na baixada maranhense, José de Jesus Figueiredo, Zé Olhinho, mora em São Luís desde os anos 50.
É aposentado pelo Sindicato dos Arrumadores de São Luís, atividade que exerceu por mais de 20 anos e lhe deixou como herança sérios problemas de coluna envolvendo hérnia de disco. Herdou do Pai, o gosto da “'boiada”.
Foi no início da década de 1960 que começou a frequentar as atividades do Bumba-Meu-Boi de Pindaré, um dos primeiros a se organizar na capital maranhense. Em 1987, motivado por questões internas do Boi de Pindaré, desligou-se oficialmente do mesmo e montou, em conjunto com dois amigos, o Pindaré 2, para dois anos mais tarde firmar-se como o atual Bumba-Meu-Boi Unidos de Santa Fé. Zé Olhinho em sua oralidade requisitada, palavreia de única maneira em relação a esta questão histórica, enfatizando que saiu de um boi de grande porte, para montar uma boiada do seu jeito, e que esta também teria que ser grande.

O amo diz que reverte para o boi tudo o que a brincadeira aglutina em forma de recursos, seja humanos ou financeiros e talvez por isso seja reconhecido e tratado como  mestre. “Eu só faço o que tem quer ser feito. Em nenhum momento penso só em mim. Penso no grupo, no boi, nas pessoas”, reflete.

Foto: oimparcial.com.br 

Cultura, teatro e diversão de graça


Os números impressionam pela grandeza do projeto: 3.600 km a serem percorridos em 14 apresentações por 13 cidades maranhenses. A Expectativa de 45 mil pessoas, com média de 5 mil pessoas por cidade.  Estamos falando da II Caravana Pão com Ovo, que vai levar teatro maranhense gratuito para o público de diversas cidades do Maranhão, até o dia 23 de agosto.
Com patrocínio da CEMAR e Governo do Estado do Maranhão, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura, o grupo de comediantes se apresentará nas cidades de São Luís, São Bento,Viana, Santa Inês, Buriticupu, Açailândia, Grajaú, Presidente Dutra, São João dos Patos, Timon, Tutóia, Itapecurú e Rosário.  
A comédia Pão com Ovo será apresentada de forma itinerante e com caráter popular, uma vez que todas as apresentações se darão em praças públicas, gratuitas e aberta a públicos de todas as idades. A peça é sucesso de público há 5 anos em São Luís.
O projeto que teve início no ano de 2016 com um total de 14 apresentações em 13 cidades foi sucesso absoluto de público em todas as regiões percorridas. Para este ano, mais 14 apresentações. E detalh, a comédia é inédita em 9 cidades: Timon, Buriticupu, Açailândia, Grajaú, Presidente Dutra, São João dos Patos e Tutóia.
Para facilitar o acesso das pessoas em cada comunidade, a peça será novamente encenada nas principais praças dos municípios visitados, mas contando com uma super estrutura de palco, som e luz, além de cadeiras e decoração.
Com um tempo médio de 1h20 de duração, a peça conta com esquetes da montagem original do Pão com Ovo, além de alguns quadros que são sucessos do grupo na internet.

A fórmula
O sucesso da comédia Pão com Ovo não se restringe às fronteiras maranhenses. O espetáculo que já foi encenado em outros Estados brasileiros como SP, RN, PI e até em Portugal, sempre tem plateias cheias e contagiadas pelo humor dos três atores em cena; que representam arquétipos contemporâneos e por que não dizer, comuns em toda sociedade atual, independente da nacionalidade.
“Trabalhamos em cena arquétipos populares, como a emergente social, a pessoa da periferia, o mau atendimento prestado em órgãos públicos. E com uma comunicação muito direta com o público em todo o espetáculo, mas sem sermos pretensiosos. O texto mesmo regional faz sucesso igualmente, seja dentro ou fora do Estado”, explica o ator e diretor César Boaes, que na comédia interpreta a personagem Clarisse, uma típica alpinista social.
Os temas encenados e que levam as pessoas às gargalhadas, ao mesmo tempo as fazem refletir sobre questões sérias como a falta de qualidade do atendimento, a estratificação social, etc... Além de Clarisse (César Boaes), integram o espetáculo as personagens Dijé (Adeílson Santos) e seu marido Zé Maria (Charles Jr).

Pão com Ovo no Rio de Janeiro
Logo após encerrar a segunda temporada no Maranhão da Caravana, os três atores e sua equipe levarão o Pão com Ovo para uma temporada popular de 32 apresentações no Rio de Janeiro, de 26 de agosto a 16 de outubro; com projeto incentivado mais uma vez pelo Governo do Maranhão e CEMAR. E ainda lançam dois novos DVDs: Pão com Ovo I com nova filmagem, além do DVD inédito A Vingança de Zé Maria
“É muito bom ver o teatro produzido no Maranhão e por maranhenses ser descoberto por muita gente, dentro e fora do Estado, e graças ao incentivo da Lei Estadual de Cultura, que nada mais é que o dinheiro do povo sendo revertido em ação cultural para o povo”, comentou César Boaes.

Datas e locais, sempre às 18h
Viana: 31.07 / Local: Praça do Cais  (Bairro Matriz)
Santa Inês: 02.08 / Local: Espaço Dona Zima – Centro
Buriticupu: 04.08 / Local:Praça da Cultura - Centro (ao lado da Prefeitura)
Açailândia: 07.08 / Local:Praça do Pioneiro
Grajaú: 10.08 / Local: Praça Antonio Feitora - Bairro Canoeiro
Presidente Dutra: 12.08 / Local: Praça São Sebastião
São João dos Patos: 14.08 / Local: Praça de Eventos Júlio César Macedo
Timon: 16.08 / Local: Av. Teresina - Bairro Parque Piauí
Tutóia: 19.08 / Local: Praça de Eventos – Centro
Itapecuru: 21.08 / Local: Praça Central - Av. Gomes de Sousa

Rosário: 23.08 / Local: Praça da Matriz - Centro

Lei Estadual de Incentivo à Cultura é tema de “Diálogos pela Cultura” com produtores


Em vigor desde 2011, a Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Maranhão é um mecanismo que visa apoiar a realização de atividades e eventos de caráter artísticos e culturais no estado, através de renúncia fiscal. Com o objetivo de disseminar o conhecimento a respeito da lei, a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), por meio da Comissão de Análise de Projetos Culturais (Capci), realizará no próximo dia 3 de agosto, às 18h, na Casa do Maranhão (Praia Grande, São Luís), uma roda de conversa sobre o tema.
O encontro será coordenado pela presidente da Capci, Caroline Veloso. Na oportunidade será explicado todo o mecanismo que envolve a lei, desde a apresentação do projeto até a prestação de contas junto a Secretaria, e sanar possíveis dúvidas que possam surgir com relação a esse tema e outras questões da Sectur.
“Já tivemos outras oportunidades como esta para facilitar o acesso à lei junto a produtores artístico-culturais e também já fizemos rodadas de sensibilização junto a classe empresarial. A nossa intenção é que cada vez mais empresas entrem como patrocinadores e mais produtos estejam habilitados para receber o patrocínio”, pontuou Caroline Veloso.
Lei de Incentivo à Cultura
A Lei de Incentivo à Cultura, em vigor desde 2011, propõe atividades e eventos de caráter artísticos e culturais, selecionados por meio de projetos que são avaliados pela Secretaria de Estado da Cultura. Os projetos que são encaminhados à Lei de Incentivo são avaliados por uma comissão técnica e uma comissão de mérito, que analisam as documentações dos projetos de acordo com as regulamentações da Lei relacionadas à cultura.

A tradição continua



A 22ª edição Festival do Boi de Zabumba vai reunir mais de 20 grupos no Monte Castelo mostrando a força do sotaque e da cultura popular maranhense



Após um período de incerteza, o tradicional Festival de Bumba-meu-boi de Zabumba será sim realizado. A vigésima segunda edição será neste sábado, 30, a partir das 19h, na avenida Newton Belo (Monte Castelo – próximo à igreja de Nossa Senhora da Conceição), uma realização do  Clube Cultural de Bumba Meu Boi de Zabumba e Tambor de Crioula do Maranhão.
Tradicionalmente o Festival é realizado todo segundo sábado do mês de julho, mas por questões financeiras, este ano o mesmo teve que ser adiado. Pelo menos 21 grupos culturais estão sendo esperados para essa festa da cultura popular. São 19 grupos de zabumba de São Luís e dois do interior, segundo Seu Basílio Costa Durans, presidente do Clube Cultural de Boi de Zabumba e Tambor de Crioula do Maranhão,
Os homenageados deste ano são o Mestre Canuto Santos e o jornalista e administrador Zildeni Falcão. O primeiro, mestre no bumba-meu-boi de zabumba; e o segundo, escolhido pelo trabalho de divulgação e atenção à cultura popular.  
A abertura da programação será às 19h com apresentação do grupo  Cacuriá  Rabo de Saia e em seguida, do Cacuriá Assa Cana da Liberdade. O primeiro boi de zabumba  a se apresentar será o Boi da Vila Passos (do qual mestre Canuto liderava), às 21h e a previsão de encerramento é às 10h da manhã de domingo, 31, com a apresentação do Bumba-meu-boi da Fé em Deus.
O Festival é muito aguardado por moradores e turistas e movimenta várias comunidades de São Luís. Nesta edição não haverá a encenação da Comédia, como ocorria em anos interiores, por falta de recurso. Em 2014 foi a  primeira vez que ela aconteceu no Festival com grupos dos municípios de Santa Helena e Pinheiro. O Festival de Comédias é uma das ações do Plano de Salvaguarda do bumba- meu-boi, registrado como Patrimônio Cultural Brasileiro há quatro anos.
“Este ano tivemos dificuldades financeiras para realizar o Festival, por isso ele foi adiado e ele vai acontecer, não como a gente esperava, talvez até alguns grupos do interior não venham, mas estamos aguardando que venham todos. A comédia este ano não vai ocorrer, mas não vai tirar o brilhantismo do evento”, acredita Basílio Durans.  As comédias não são necessariamente  a representação do auto do bumba-meu-boi com Pai Francisco e Catirina, são histórias que são criadas a partir do roubo do boi.
 “As pessoas esperam muito para ver toda a beleza dos bois de zabumba, e o Festival é o momento para isso, porque só vai ter zabumba. O público que for para lá vai para assistir zabumba”, reforça seu Basílio, que também é presidente do Boi Brilho de São João da Liberdade II.
  São 22 anos de Festival. Nessas mais de duas décadas as mudanças vem ocorrendo gradativamente, como a inclusão da representação do auto ou comédia, o aumento do público que prestigia o evento, mas  infelizmente, segundo seu  Basílio, as dificuldades permanecem. “Nós conseguimos que o projeto fosse aprovado pela Lei de Incentivo Estadual, mas não conseguimos patrocinador. Então é bem difícil fazer sem apoio ou recursos, e só conseguimos depois que eu disse que não ia fazer apenas com a ajuda de palco e som, só com isso não se faz Festival, porque além de outros gastos também precisamos dar uma ajuda para os grupos”, conta.
Ainda para seu Basílio, o Festival tem sido o único instrumento que mantém viva a tradição do sotaque. “Nós passamos o ano inteiro trabalhando no projeto e quando chega na hora não temos o apoio suficiente. Mas há 22 anos o Festival funciona como um incentivador do sotaque, desse ritmo que é pouco reconhecido pela importância que tem. Para os grupos é a forma de se sentirem atuantes. O Boi da Vila Passos, de seu Canuto, antes tinha a Matança, hoje está mais fraco, então essa homenagem também serve de incentivo”, constata. 

Homenageados
Os homenageados receberão certificados. No caso de homenagem póstuma, os familiares recebem. 
Mestre Canuto Santos faleceu em 2013 e foi um dos principais expoentes do Tambor de Crioula no estado, e responsável pelo Tambor Milagre de São Benedito (criado em homenagem a Dona Elza)  e pelo Boi da Vila Passos. Ele morreu com 89 anos e era uma espécie de “faz tudo” no grupo que comandou por mais de quatro décadas, no bairro da Vila Passos. Natural de Guimarães/MA,  desde os sete anos de idade brincava boi.
O outro homenageado, Zildeni Falcão, presidente do grupo que leva o mesmo nome, foi escolhid pela sua atuação social e pela importância que dá, por meio de seu grupo de comunicação, à cultura popular.

Saiba Mais
O Festival de Bumba-Meu-Boi de Zabumba é realizado anualmente, desde 1994, e reúne diversos grupos em torno da salvaguarda do sotaque do boi de Zabumba, na avenida Newton Belo, embaixo da centenária Barrigudeira, no bairro do Monte Castelo, complementado por um cortejo dos grupos de bumba boi pelas ruas do bairro do Monte Castelo.  Depois de 21 edições, o festival já faz parte do calendário municipal e estadual de cultura.
O festival surgiu e continua sendo realizado a partir da iniciativa dos próprios grupos, ao reconhecerem a necessidade de sua autoafirmação como representantes de uma forma de expressão tradicional do Bumba-meu-boi maranhense, em que a presença negra é significativa. A cada ano duas personalidades são homenageadas durante o evento.

Programação
Cacuriá Rabo de Saia
Cacuriá Assa Cana da Liberdade
Boi da Vila Passos(Canuto)
Boi Brilho de São João Liberdade II
Boi Laço de Amor
Boi da Ivar Saldanha
Boi Capricho de Oliveira
Boi Novo Capricho
Boi Unidos Pela Fé
Boi Sociedade Dois Irmãos (Boi de Dona Zeca)
Boi Brilho de São João (Romana)
Boi Anjo do Meu Sonho
Boi da Areinha
Boi de Guimarães
Boi Unidos Venceremos
Boi Brilho da Paz
Boi de João Grilo
Boi de Panaquatira (Zé de Rita)
Boi da Liberdade (Leonardo)
Boi da Fé Em Deus

Serviço
O quê? Festival de Bois de Zabumba
Quando? 30 (sábado), a partir das 19h
Onde? Avenida Newton Belo (Monte Castelo – próximo à igreja de Nossa Senhora da Conceição)

Quanto? Aberto ao público


Foto1:http://1.bp.blogspot.com/-1GXCmDUk9og/TiTq2Si9xlI/AAAAAAAAA1o/5XB1I7RP__Y/s1600/CIMG2521.JPG
Foto2: oimparcial.com.br

Nosso Bailinho encerra temporada de férias

Um show com repertório composto de hits nacionais e internacionais que marcaram gerações, a exemplo de “Wisk a Gogo”, “Dancing Days” “Sandra Rosa Madalena”, “I Will Survive”, “A Dois Passos”, “Fogo e Paixão” e “Chorando se Foi”. A ideia é proporcionar ao público de São Luís e visitantes, uma programação musical diferenciada, com músicas para recordar e dançar.
A banda é composta por Jayr Torres (guitarra), Carlos Raqueth (baixo) e Fleming Bastos (bateria).  A cantora Natália Coelho que faz uma sequência da era disco se diz muito feliz com a receptividade do público “O Nosso Bailinho é uma festa contagiante, o público correspondeu a nosso expectativa. Sem dúvidas, vamos encerrar com chave de ouro esta última edição”.
Para Luciana Pinheiro, o “Nosso Bailinho vai deixar saudades, um projeto que agradou muito o público e que precisa acontecer outras vezes”.
Os cantores farão juntos, a abertura e o encerramento do show, e em alguns momentos terão duetos e performances musicais. “O Nosso Bailinho é uma festa! A gente trabalha e se diverte ao mesmo tempo. Preparamos muitas novidades para esta última edição do projeto.”, revela Marco Duailibe. Para interagir com o público, os bailarinos do Estúdio de Dança Clay Carlos e o grupo Flor de Lótus, farão participação no show, que tem a realização da Interart Produção Criativa. “Estamos felizes com o resultado deste trabalho. O Nosso Bailinho é um sarau de alegria, um encontro, onde as pessoas se divertem muito. Agradecemos a todos, que fazem essa festa acontecer! Esperamos voltar em breve.”, destaca o cantor, compositor e idealizador do projeto Emanuel de Jesus.

O QUÊ? Nosso Bailinho temporada de férias
QUANDO? Dia 30 de julho às 21h30
ONDE: Seu Guma (Rua dos Periquitos, Renascença II, atrás do Ed. Office Tower)
INGRESSO: R$ 25,00
Realiação: Interart Produção Criativa
Informaões (98) 98104-2848


sábado, 23 de julho de 2016

Mais Cultura e Turismo com música e cultura popular


A Praça Nauro Machado e os espaços do Espigão Costeiro (Ponta d’Areia) e Praça da Lagoa da Jansen continuarão a divertir turistas e maranhenses no sábado (23) e domingo (24), com várias opções gratuitas de lazer e cultura pelo projeto Mais Cultura e Turismo 
Neste sábado (23) a Biblioteca Pública Benedito Leite preparou uma programação especial com brincadeiras e contação de histórias na Praça da Lagoa. “A intenção é despertar nas crianças o interesse pela leitura por meio de conversas e brincadeiras”, comentou a diretora da Biblioteca Pública Benedito Leite, Aline Nascimento.
Além das atividades da Biblioteca Benedito Leite, atrações com mágicos, palhaços e várias brincadeiras continuarão animando as crianças na Praça da Lagoa aos sábados e domingos.

No Espigão Costeiro, o ‘Mais Cultura e Turismo’ apresenta, neste sábado (23), o cantor e compositor Carlos Berg, e no domingo (24) o show é de Dhean Britto, da nova geração de artistas maranhenses. Antes dos shows quem abre as apresentações a partir das 17h são os alunos e professores da Escola de Música do Maranhão Lilah Lisboa (Emem) com um repertório diversificado aos sons de violino, violão, flauta e outros instrumentos musicais.
 Programação 
Sábado (23)
 Espigão Costeiro
17h - Apresentação da Escola de Música do Maranhão
18h - Show de Carlos Berg
 Praça da Lagoa
17h30 - Brinquedos e recreação para a criançadae contação de histórias com a equipe da Biblioteca Pública Benedito Leite

Domingo (24)
 Espigão Costeiro
17h - Apresentação da Escola de Música do Maranhão
18h - Show de Dhean Britto
 Praça da Lagoa
17h30 - Brinquedos e recreação para a criançada e contação de histórias com a equipe da Biblioteca Pública Benedito Leite


Programação do Cine Praia Grande

ESTREIAS
A BEIRA MAR, EUA, 118 min, 14 anos. Drama. De Angelina Jolie. Elenco: Angelina Jolie, Brad Pitt, Melanie Thierry.  Vanessa (Angelina Jolie), uma ex-bailarina e Roland (Brad Pitt), um escritor, vivem uma crise no casamento. Em viagem pela França se hospedam em um resort litorâneo e, após trocas de experiências com funcionários do hotel e os turistas recém-casados Lea (Melanie Laurent) e François (Melvil Poupaud), tentam se acertar.
Sessões
15h00: Sexta (22.07), Quarta (27.07)
16h30: Domingo (24.07)
20h00: Quinta (21.07), Sabado (23.07), Segunda (25.07)


ANOMALISA, EUA, 118 min, 14 anos. Animação. De Charlie Kaufman. Elenco: Angelina Jolie, Brad Pitt, Melanie Thierry.  Michael Stone (voz de David Thewis) é um palestrante motivacional que acaba de chegar à cidade de Connecticut. Ele segue do aeroporto direto para o hotel, onde entra em contato com um antigo caso para que possam se reencontrar. A iniciativa não dá certo, mas Michael logo se insinua para duas jovens que foram ao local justamente para ver a palestra que ele dará no dia seguinte. É quando ele conhece Lisa (voz de Jennifer Jason Leigh), por quem se apaixona.
Sessões
15h00: Sabado (23.07), Terça (26.07)
17h00: Quinta (21.07), Segunda (25.07)
18h30: Sexta (22.07), Quarta (27.07),


EM CARTAZ
A BRUXA, Reino Unido - Eua, 88 min, 16 anos. Drama. De Robert Eggers. Elenco: Anya Taylor Joy, Ralph Ineson. Nova Inglaterra, década de 1630. O casal William e Katherine leva uma vida cristã com suas cinco crianças em uma comunidade extremamente religiosa, até serem expulsos do local por sua fé diferente daquela permitida pelas autoridades. A família passa a morar num local isolado, à beira do bosque, sofrendo com a escassez de comida. Um dia, o bebê recém-nascido desaparece. Teria sido devorado por um lobo? Sequestrado por uma bruxa? Enquanto buscam respostas à pergunta, cada membro da família seus piores medos e seu lado mais condenado.
Sessões:
16h30: Terça (26.07)
17h00: Sexta (22.07), Quarta (27.08)
18h30: Quinta (21.07), Domingo (24.07), Segunda (25.07)


A GAROTA DINAMARQUESA, Reino Unido - Alemanha, 118 min, 14 anos. Drama. De Tom Hooper. Elenco: Eddie Redmayne, Alicia Vikander, Ben Whishaw.  Cinebiografia de Lili Elbe (Eddie Redmayne), que nasceu Einar Mogens Wegener e foi a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero. Em foco o relacionamento amoroso do pintor dinamarquês com Gerda (Alicia Vikander) e sua descoberta como mulher.
Sessões
15h00: Quinta (21.07), Segunda (25.07)
18h00: Sabado (23.07)
20h10: Sexta (22.07), Domingo (24.07), Terça (26.07), Quarta (27.07)


SESSÃO ESPECIAL STANLEY KUBRICK
Em ocasião do aniversario de Stanley Kubrick, o Cine Praia Grande exibirá em sessão unica a obra-prima LARANJA MECÂNICA.

LARANJA MECÂNICA, Reino Unido, 134 min, 18 anos. Drama. De Stanley Kubrick. Elenco: Malcom McDowell. No futuro, o violento Alex (Malcolm McDowell), líder de uma gangue de delinquentes que matam, roubam e estupram, cai nas mãos da polícia. Preso, ele recebe a opção de participar em um programa que pode reduzir o seu tempo na cadeia. Alex vira cobaia de experimentos destinados a refrear os impulsos destrutivos do ser humano, mas acaba se tornando impotente para lidar com a violência que o cerca.
Sessões
Terça (26.07): 18h00

Copia em versão restaurada e em alta definição, ingresso com preço promocional de R$ 5,00.


SESSÃO CINECLASSICS
POR UM PUNHADO DE DÓLARES, Itália, 88 min, 12 anos. Faroeste. De Sergio Leone. Com Clint Eastwood. Um pistoleiro sem nome (Clint Eastwood) chega à San Miguel, uma cidade no México que faz fronteira com os Estados Unidos. O lugar está em guerra, dividido entre duas facções poderosas, os Baxters e os Rojos, e ambas querem o apoio do pistoleiro. Para ganhar dinheiro, ele aceita as duas propostas e passa a trabalhar para as gangues rivais.
Sessões
Sabado (23.07): 16h30
Ingresso promocional: R$ 5,00

SESSÃO INFANTIL
PINÓQUIO, EUA, 80 min, Livre. Animação. De Walt Disney.
Gepeto (Christian Rub) é um carpinteiro solitário que, um dia, resolve fazer um boneco de madeira para lhe fazer companhia. Durante a noite, a Fada Azul (Evelyn Venable) dá vida ao boneco, que passa a se chamar Pinóquio (Dickie Jones). Ansioso para se tornar um menino de verdade, Pinóquio se mete em várias confusões, apesar dos constantes avisos de seu amigo Grilo Falante (Cliff Edwards). O boneco tem uma particularidade: sempre que mente seu nariz cresce. Até o dia em que precisa resgatar seu criador, quando ele fica preso na barriga de uma baleia.
Sessões (dublado)
Domingo (24.07): 15h00
Ingresso promocional: R$ 5,00


PREÇOS

Terça a domingo. R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia).
Segunda-feira. Promoção Meia Para Todos: todos pagam meia
Sessão CineClassics: R$ 5,00
Sessao Infantil: R$ 5,00
Especial Stanley Kubrick: R$ 5,00
Cineclube Amarcord: Entrada Franca
Alunos dos cursos do Odylo Costa Filho pagam R$ 5,00


Renan da Resenha faz Stand Up em São Luís


A atração está confirmada em mais uma edição do São Luis Comedy Club, em única apresentação, marcada para as 19h. A abertura do espetáculo ficará por conta do ‎Openmic do ludovicense Max Pavianni. Os ingressos já estão à venda na Bilheteria Digital do São Luis Shopping, Rio Poty Hotel e pelo site www.bilheteriadigita.com. Os valores são: PLATEIA e FRISA- R$ 60 (inteira)/R$ 30 (meia), CAMAROTE- R$ 50 (inteira)/R$ 25 (meia), BALCÃO e GALERIA -R$ 40 (inteira)/R$ 20 (meia).
O artista, que, em um ano, já foi visto por mais de 7 milhões de pessoas em seu perfil no Instagram (@renandaresenha) e 1,5 milhão, no YouTube , agora começa a rodar o Brasil com seu próprio show de stand up comedy, bem humorado, mostrando flagras corriqueiros em causos hilários, como desentendimento com a namorada, a bebedeira daquele amigo pinguço, o tormento da ressaca, a paquera mal sucedida na balada.
Essas e tantas outras situações estão presentes no dia a dia de muita gente, e por várias vezes, passam despercebidas, mas não para o paraibano Renan Andrade Oliveira, mais conhecido como Renan da Resenha. Bastante atento e muito bem humorado, ele passou a transformar esses registros tão comuns em vídeos divertidos divulgados na internet. A iniciativa tem dado muito certo, que o  artista é reconhecido em todo lugar que chega. Agora, Renan se começa a começar a rodar o Brasil com seu próprio show de stand up comedy.

A ‘resenha’ da carreira de Renan

A veia cômica de ‘Renan da Resenha’ é conhecida por familiares e amigos desde muito cedo. “Eu fazia brincadeira sempre que a turma se reunia. Como toco violão, gostava de cantar músicas e relacioná-las à história de alguém, fazendo isso de forma cômica. Todo mundo ria”, disse. Foi daí que surgiu o apelido “da Resenha” – termo regional utilizado como sinônimo de engraçado, divertido.

As brincadeiras de Renan saíram das rodas de amigos e foram parar nas redes sociais e em aplicativos de smartphones. Em janeiro de 2015, ele divulgou em um grupo de WhatsApp, um áudio em que comparava as baladas do passado com as atuais. A turma gostou tanto, que começou a compartilhar. O material acabou viralizando na rede, e a partir daí, Renan caiu na graça a na boca da galera.
A repercussão chamou atenção de Marcos Melo, que comanda no Instagram o perfil @essediafoifoda, dedicado a fotos e vídeos bem humorados. “Ele me chamou pra conversar e disse que gostava muito da maneira com que eu contava as histórias. Então, sugeriu que eu criasse um canal no YouTube. Pensei na ideia e, em junho do ano passado, decidi colocá-la em prática”, lembrou Renan, que executa tudo sozinho. “Eu faço a pauta, sou câmera, o diretor, o ator, o editor e o divulgador. Digo que só posso ser um doido”, brincou.
O paraibano começou a chamar atenção de muito mais gente, inclusive de famosos. O forrozeiro Gabriel Diniz foi o primeiro deles. “Um dia, ele me contou que estava conversando em um grupo só de artistas e, de repente, Gustavo Lima apareceu mostrando um vídeo meu. Achei aquilo louco”, falou, entre risos. A lista de seguidores populares tem nomes como Solange Almeida e Xand, vocalistas do Aviões do Forró; o cantor Wesley Safadão; o lutador Anderson Silva; o youtuber Whindersson Nunes; e o humorista Tirullipa.
Natural de Nova Floresta, município localizado no Agreste da Paraíba, Renan – que tem 28 anos - não esperava viver tudo o que está vivendo. Até o ano passado, os planos dele eram bem diferentes. Cursava Direito, mas diante das demandas com o atual projeto, precisou trancar a faculdade no nono semestre. “Também pensava em seguir carreira política. Meu avô já foi prefeito, então muita gente me dava apoio para seguir o mesmo caminho”. 
Nos últimos cinco meses, aumentaram os convites para participações em eventos e a cobrança para que Renan protagonizasse um stand up. “Eu tinha um pouco de receio, mas depois que fiz a primeira apresentação, vi que amava aquilo, de estar perto do calor do povo. A reação foi linda”, destacou. O primeiro show foi em maio, em João Pessoa. Depois, ele passou por Campina Grande e Patos, também na Paraíba, esgotando os ingressos em todas as apresentações.
Diante do sucesso, Renan quer ir mais longe. Outros dez shows já estão pré-agendados. “Meu objetivo é seguir com meu canal e pegar estrada pelo Brasil afora com meu stand up”. Com tanta empolgação, é certo que virá muita resenha por aí.

SERVIÇO
# O QUÊ: Renan da Resenha no São Luis Comedy Club
#QUANDO: 24 de julho (domingo), às 19h
#ONDE: Teatro Arthur Azevedo (Rua do Sol, s/nº, Centro), São Luís - MA
#Vídeos:https://www.youtube.com/watch?v=LGBm5vB3Kiw/ https://www.youtube.com/watch?v=JPhZM6wVoZU/ https://www.youtube.com/watch?v=ZK8TWRJnp2M
#INFORMAÇÕES: (98) 98514 6414/@saoluiscomedy
#REALIZAÇÃO: Mercado de Shows e São Luis Comedy Club



Conforto e open bar no Camarote do Nando Reis em São Luís


Não tem como negar, todo mundo busca um espaço diferenciado quando vai para qualquer evento, seja ele qual for. Para o show do Nando Reis não é diferente e por isso, a 4 Mãos Entretenimento, mais uma vez, sai na frente e promete um camarote especial para receber os fãs do ruivão, Nando Reis, que se apresenta em São Luís no dia 13 de agosto no São Luís Shopping.  

A estrutura deixará os fãs bem mais perto do cantor Nando Reis em um local que tem a alta aprovação do público, por ter estacionamento privativo, piso pavimento, fácil acesso, câmeras de monitoramento, fora a segurança privada e a área toda iluminada.

Além de uma decoração exclusiva para o camarote, os organizadores vão transformar o ambiente em um lounge bem descolado, atendimento de primeira-classe e um open bar especial para o momento. A cerveja será a Itaipaiva, a cerveja das celebridades que é 100%, tem ainda água e refrigerante para quem não bebe nada alcoólico e no open food, tem salgados e frios com produção da Requinte.

Lembrando que o ingresso do camarote com valor mais barato é somente até hoje, 22h, então quem for, é bom se antecipar e comprar logo, porque depois novo preço.

No repertório do cantor Nando Reis, teremos "All Star", "Segundo Sol", "Cegos do Castelo" e "Marvin", entre outros sucessos que com certeza fará da noite do dia 13 de agosto, um dos momentos mais lindos de São Luís.

Para não ficar de fora, pode comprar o ingresso na Nação Rubro Negra (Shopping da Ilha), Sampaio Mania (Shopping Rio Anil), Visótica (Tropical Shopping) ou na internet (www.ingressando.com.br/estado/maranhao).

Vale lembrar que esse ano, Nando foi convidado para participar de um projeto internacional ao lado do guitarrista do Pearl Jam, Mike McCready, o baixista do Guns N' Roses, Duff McKagan e o ex-baterista do Screaming Trees, Barett Martin. Além disso, está em circuito com a turnê Viva Rock Brasil, ao lado de Paula Toller e Paralamas do Sucesso. O projeto homenageia a história do rock e da Jovem Guarda, Raul Seixas, Rita Lee, passando por Paralamas, Titãs e Kid Abelha, até os grupos mais recentes como Raimundos, Charlie Brown, Los Hermanos e Pitty. 

Outro trabalho é o videoclipe da nova versão de "O Mundo é Bão, Sebastião", em que toca e canta ao lado dos filhos Sebatião e Theodoro. Com direção artística da Musickeria, filmado em estúdio, o clipe resgata uma música originalmente lançada há quase 15 anos, no álbum "A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana", dos Titãs, e também uma brincadeira familiar.

Os ingressos custam R$ 80 e casadinha R$ 140, o setor área vip, com open food de salgados. O camarote custa R$ 110 e casadinha R$ 200, com open de cerveja, água, refrigerante e salgados. Já a pista, custa R$ 50 e casadinha R$ 90. As entradas de meia entrada estão disponíveis em todos os pontos de venda.
#SERVIÇO

O quê: Nando Reis e Os Infernais em São Luís

Onde: Estacionamento do São Luís Shopping

Quando: Sábado, dia 13 de agosto, a partir das 21h


sábado, 16 de julho de 2016

Nando Reis dia 13 de agosto em São Luís


Falar de Nando Reis e não associar aos sucessos, "All Star", "Segundo Sol", "Cegos do Castelo" e "Marvin", com certeza não estará falando dele. Essas são algumas das canções que estão na ponta da língua não só dos fãs, mas de todo mundo que curte um pouco do rock nacional, como os ludovicenses que poderão cantar ao vivo, dia 13 de agosto, a partir das 21h, no estacionamento do São Luís Shopping.

No show, teremos toda delicadeza das canções e melodias que tocam fundo no coração do público, exibindo versões de seus clássicos como “Relicário”, “O Segundo Sol”, “Luz dos Olhos”, “All Star”, “Espatódea”, “Nos Seus Olhos” e “Quem Vai Dizer Tchau”.

Esse ano, Nando foi convidado para participar de um projeto internacional ao lado do guitarrista do Pearl Jam, Mike McCready, o baixista do Guns N' Roses, Duff McKagan e o ex-baterista do Screaming Trees, Barett Martin. Além disso, está em circuito com a turnê Viva Rock Brasil, ao lado de Paula Toller e Paralamas do Sucesso. O projeto homenageia a história do rock e da Jovem Guarda, Raul Seixas, Rita Lee, passando por Paralamas, Titãs e Kid Abelha, até os grupos mais recentes como Raimundos, Charlie Brown, Los Hermanos e Pitty.

Outro trabalho é o videoclipe da nova versão de "O Mundo é Bão, Sebastião", em que toca e canta ao lado dos filhos Sebatião e Theodoro. Com direção artística da Musickeria, filmado em estúdio, o clipe resgata uma música originalmente lançada há quase 15 anos, no álbum "A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana", dos Titãs, e também uma brincadeira familiar.

Os ingressos custam R$ 80 e casadinha R$ 140, o setor área vip, com open food de salgados. O camarote custa R$ 110 e casadinha R$ 200, com open de cerveja, água, refrigerante e salgados. Já a pista, custa R$ 50. As entradas de meia entrada estão disponíveis em todos os pontos de venda. Os ingressos estão disponíveis na Nação Rubro Negra (Shopping da Ilha), Sampaio Mania (Shopping Rio Anil), Visótica (Tropical Shopping) e na internet (www.ingressando.com.br/estado/maranhao).

SERVIÇO

O quê: Nando Reis e Os Infernais em São Luís
Onde: Estacionamento do São Luís Shopping
Quando: Sábado, dia 13 de agosto, a partir das 21h
Informações: (98) 3016 – 6663
Realização: 4 Mãos Entretenimento

Bacabal Folia tem Bell Marques e Wesley Safadão neste final de semana

                                                         Bell Marques se apresenta hoje em Bacabal
O Bacabal  Folia 2016 estará recebendo grandes nomes da música brasileira, como na noite de ontem em que Ivete Sangalo se apresentou para uma multidão. Na mesma noite aconteceu a apresentação de Mari Antunes, com o Babado Novo e do grupo Sambaceuma.  Wesley Safadão, Bell Marques, Matheus & Kauan e Patchanka formam o time de estrelas e astros que estarão presentes na micareta.

Bell Marques é a atração aguardada deste sábado (16), dividindo a programação com Patchanka e Erickson Andrade & SDG. Para encerrar no dia 17 (domingo), tem Wesley Safadão (foto abaixo), Pedrinho Pegação, Ailana Lee e Matheus & Kauan (foto acima), uma das grandes revelações da música sertaneja.  

 
PROGRAMAÇÃO  

DIA 16 DE JULHO (SÁBADO)
21h – Concentração (frente do Paraíba)
22h – Patchanka (Trio Percurso)
0h30 – Bell Marques (Trio Arena)
2h – Erickson Andrade & SDG (Palco Arena)

DIA 17 DE JULHO (DOMINGO)
17h – Concentração (frente do Paraíba)
18h - Ailana Lee (Percurso Trio)
20h – Wesley Safadão (Palco Arena)
22h - Pedrinho Pegação (trio Arena)
1h00 – Matheus e Kauan (Palco Arena)

SERVIÇO
O quê? Bacabal Folia 2016
Onde? Bacabal – Centro / MA
Quando? até 17 de julho

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Lençóis Jazz e Blues Festival será lançado hoje no TAA.


Muitas novidades e shows de Tássia Campos (MA) e Babi Mendes (SP) marcarão o lançamento do maior projeto de música e responsabilidade social do Maranhão

Hoje (14/07) a partir das 20h, o Teatro Arthur Azevedo, em São Luís, vai ser o palco do lançamento da Oitava Edição do Lençóis Jazz e Blues Festival. E para dar o pontapé inicial do evento, um dos mais importantes do cenário nacional do jazz e do blues, a Tutuca Viana Produções preparou uma noite especial. Na ocasião, além das datas do evento, será divulgada a programação completa composta por shows, oficinas de música e de fotografia e as ações paralelas do festival .

Mais do que um simples lançamento, o evento do dia 14 de julho, será a oportunidade dos amantes do jazz e do blues entrarem no clima do festival e também de terem um “aperitivo” do que ocorrerá na edição 2016, com a realização dos seus dois circuitos tradicionais: o primeiro, nos dias 5, 6 e 7, de agosto na Av. Beira Rio, na cidade de Barreirinhas (porta de entrada dos Lençóis Maranhenses) e, o segundo, o Circuito São Luís, nos dias 12 e 13 de agosto, na Praça Maria Aragão, na capital maranhense.

E a melhor forma de dar as boas-vindas ao festival é com boa música. E ela será apresentada em grande estilo por duas talentosas cantoras do universo do jazz e do blues: a maranhense Tássia Campos e a paulista Babi Mendes. Ambas prometem apresentações inesquecíveis no TAA.

A maranhense Tássia Campos, dona de voz suave, delicada e extremamente bem modulada, preparou um show vintage jazz que irá transportar o público para as décadas de 40, 50 e 60. “O show remete mesmo aos pubs e casas noturnas americanas dessas épocas. Como é voz e piano vou explorar mais a interpretação mesmo e homenagear grandes cantoras que admiro como Billie Holiday e Patsy Cline, por exemplo”, prometeu.

A noite será encerrada pela também jovem e talentosa Babi Mendes. A paulista, que se apresentará com músicos maranhenses, promete um show de canções clássicas do repertório de jazz e blues com arranjos inusitados. No set list estarão clássicos como “Summertime" e "All of Me", além de canções originais do disco autoral ‘Short Stories’, lançando no Brasil, Japão, Estados Unidos e Reino Unido.

“Para a noite de lançamento a gente queria presentear o público com apresentações de muita qualidade e, que, demonstrassem mais uma vez que o festival é uma vitrine para grandes artistas da terra e de fora. Artistas que brilham por onde passam e que, na noite do dia 14 de julho, vão deixar o Teatro Arthur Azevedo, ainda mais iluminado pelo talento dessas grandes intérpretes”, explicou Tutuca Viana, organizador do festival.

Para se ter uma ideia da grandiosidade do evento, a edição deste ano contará com 17 shows, 6 oficinas (entre elas de música e fotografia), a palestra “POLÍTICAS PÚBLICAS DO MINISTÉRIO DA CULTURA”, ministrada por Yuri Sampaio Cartellato Logrado, além de 2 exposições de fotografia intituladas “Música do Olhar”, com trabalhos feitos por fotoclubistas do POESIA NO OLHAR- CLUBE DE FOTOGRAFIA. Vale ressaltar, que o festival é todo gratuito e contará com grandes nomes nacionais como Paulinho Moska e três internacionais, como o saxofonista francês Baptiste Herbin.

A expectativa dos organizadores é de que o público do festival seja de cerca de 16 mil pessoas. Gente de todas as idades e de várias partes do mundo que, além de curtir a vasta programação cultural poderá conhecer as belezas naturais, culturais e históricas dos principais destinos turísticos maranhenses.

SOLIDARIEDADE- Os ingressos para o evento de lançamento do festival deverão ser trocados por um pacote de leite, na bilheteria do Teatro Arthur Azevedo. A troca poderá ser feita a partir do dia 06/07, das 14h às 18h, ou no dia do lançamento, antes do início do evento. Todo o leite arrecadado será doado para a Pouso Obras Sociais, instituição filantrópica que presta assistência social a crianças, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social por meio de programas e ações gratuitas nas áreas de saúde, educação e segurança alimentar, voltados à promoção do desenvolvimento humano e ao combate à pobreza.


SERVIÇO:
Lançamento do VIII Lençóis Jazz e Blues Festival
Data: 14 de Julho (quinta-feira), às 20h
Local: Teatro Arthur Azevedo, na Rua do Sol, s/n – Centro, em São Luís.
Ingresso: 1 pacote de leite em pó que deverá ser trocado na bilheteria do Teatro Arthur Azevedo, das 14h às 18h, a partir do dia 06/07.

Audições do X Factor reúnem mais de 15 mil pessoas em São Paulo

                                                            A cantora à espera da seletiva em São Paulo (Reprodução Facebook)

São Paulo, 10 de julho de 2016 - A versão brasileira do talent show musical de maior sucesso no mundo reuniu mais de 15 mil pessoas neste sábado, dia 9, em São Paulo. Vindos dos quatro cantos do país, nem mesmo o frio de 10 graus espantou os ânimos dos candidatos que foram convocados para as primeiras audições do programa que estreia em agosto na tela da Band.

A cantora Milla Camões, representando São Luís-MA,  ficou entre os 250 selecionados para a apresentação com os jurados.  "É muita gente talentosa, sonhadora. Mas vou até onde tiver que ir porque cantar é só o que sei fazer", diz a cantora.

O primeiro da fila era o paulistano Victor Pereira, de 18 anos. O estudante de música chegou à Arena Corinthians na última quarta-feira. “Meus pais me ajudaram muito. Montamos um esquema de revezamento para não perder o primeiro lugar na fila”, contou. Fã de Sam Smith e Bruno Mars, Victor espera conquistar uma das vagas. “É meu sonho”.

Dois candidatos de Manaus marcaram presença nas audições deste sábado. O cantor gospel Regison Benayon, de 38 anos, comemorava a convocação. “Estou muito feliz em estar aqui representando o estado do Amazonas. A viagem foi longa, mas valeu a pena”. Já a professora de canto Cristiane Valeriano, de 32 anos, estava acompanhada da pequena Natasha, de apenas dois meses. “Não desisti do sonho de conseguir uma vaga no programa. Trouxe uma amiga para me acompanhar e cuidar da minha filha enquanto me apresento”, declarou.

 O cuiabano Paulo Zancanaro, de 23 anos, enfrentou uma viagem de mais de 20 horas de ônibus até a capital paulista para entrar no X Factor. “Além da cansativa viagem do Mato Grosso até aqui, a dificuldade maior é enfrentar o frio. Mas vale tudo pelo meu amor à música”, disse o universitário.

A transexual paraibana Renata Peron, de 39 anos, animava os colegas durante a espera na fila. “Estou confiante. Tenho talento e canto com muita verdade e muita emoção”. Fã de MPB, os artistas que inspiram a assistente social são Maria Bethânia, Chico Buarque, Tom Jobim e Clara Nunes.

Criado pelo produtor musical Simon Cowell, o X Factor é um formato da FremantleMedia/Syco e já revelou fenômenos da música como One Direction, Fifth Harmony, Leona Lewis e Little Mix, entre outros.  Além do sucesso na televisão, o programa é um dos maiores hits das redes sociais e web, conquistando o público em todas as plataformas.

O X Factor estreia em agosto e será coproduzido pela Band, TNT e FremantleMedia. A apresentação é de Fernanda Paes Leme e, no time de jurados, Alinne Rosa, Di Ferrero, Paulo Miklos e Rick Bonadio.