sexta-feira, 13 de abril de 2018

Voilà Paris!, com Anna Torres

Neste sábado, 14, a cantora Anna Torres volta a São Luís com seu show Voilà Paris, às 20h, no Teatro Arthur Azevedo. A produção é da Negro Axé.
 Anna Torres interpreta os grandes clássicos da música francesa (Piaf, Brel, Gainsbourg) com ritmos do Brasil. É uma declaração de amor à França, e uma forma de agradecer a esse país que à acolheu a ela e a sua música. É o encontro das duas culturas que fazem parte da vida da Anna. O show terá  convidados especiais da cena maranhense como Criolina, Mano Borges, Marco Duailibe, Alessandra de Queiroz, Cecília Leite e Henrique Duailibe.

Produção: Negro Axé
Ingressos: Plateia e Frisa R$ 60,00 e Camarote, Balcão e Galeria R$ 40,00
Classificação: Livre
Duração: 80 minutos

Estreia de As Vizinhas e o Misterioso Caso do Maníaco das Unhas

A comédia ‘As Vizinhas e o Misterioso Caso do Maníaco das Unhas’, encenada pela Companhia Rodapé de Teatro, terá sua pré-estreia nesta quinta-feira (19), às 16h, no Hospital do Câncer Aldenora Bello, em São Luís/MA. A apresentação será exclusiva para pacientes, familiares e voluntários do Hospital. As apresentações da trupe prosseguirão nos dias 21 e 28 deste mês, e dias 05, 12, 19 e 26 de maio, às 20h, no Teatro da Associação Maranhense de Escritores Independentes (Amei), no São Luís Shopping. Ingressos no local.

Escrita pelo publicitário e escritor Fernando Braga, que também assina a direção do espetáculo, e pela pedagoga Ione Coelho, a comédia tem no elenco as atrizes Helena Travassos, Ione Coelho e Diana Mattos. A produção é de Edilson Brito, com desenho de luz de Ivone Coelho e figurino de Glauber Pinto. A cenografia é assinada por Fernando Braga e Clayton Pinto e maquiagem por Carlos Maranhão. Na sonoplastia, Marcos Belfort comanda a mesa de som. O espetáculo tem assistência de produção de Francinaldo Belfort.

Humor - Fernando Braga destaca que a comédia, de forma lúdica, aborda a nossa sociedade, cada vez mais individualista e que impõe suas aparências, ideologias e religião. “Um mundo de vaidade que o compartilhar segredos entre amigas virou quase que moeda de troca”, disse Braga. Além de abordar o cotidiano da cidade, em especial do Bairro Madre Deus, em São Luís, “o espetáculo debate questões sociais que, infelizmente, estão presente no dia a dia, principalmente daqueles que fazem uso do transporte público”, afirma o diretor.

Mistério, acusações e bom humor são ingredientes da comédia que há de revelar quem é o verdadeiro maníaco das unhas que a cada noite faz mais vítimas no bairro. A comédia gira em torno de três vizinhas. Maria Francisca, Maria Firmina e Maria Flor. “São amigas inseparáveis que todas as manhãs começam o dia debruçadas em suas janelas. Cada uma com seu humor peculiar”, disse Fernando Braga. Criada em 2014, a Companhia Rodapé apresenta trabalhos de pesquisa e um repertório que dialoga com as questões sociais.

Ficha Técnica
Texto: Fernando Braga e Ione Coelho
Direção: Fernando Braga
Elenco: Helena Travassos, Ione Coelho e Diana Mattos
Produção: Edilson Brito
Desenho de Luz: Ivone Coelho
Figurino: Glauber Pinto
Cenografia: Fernando Braga e Clayton Pinto
Maquiagem: Carlos Maranhão
Sonoplastia: Marcos Belfort
Assistente de Produção: Francinaldo Belfort

Show de Chico Chico no Casa D’arte, Raposa


 O jovem cantor carioca Chico Chico fará um show (voz e violão) neste fim de semana, no Casa D’arte Centro de Cultura, em Raposa. Tocando pela primeira vez no Maranhão, Chico cantará músicas do seu primeiro disco, lançado em 2015, e também músicas do seu mais novo trabalho, em processo de gravação.

Pra quem não o conhece, Chico , filho da Cantora Cassia Eller e sua parceira, a Professora Maria Eugênia, impressiona a primeira vista com sua voz firme e e timbre forte, indiscutivelmente herdada de sua mãe. Suas composições são belíssimas e tem conquistado crítica e público desde o lançamento do seu primeiro disco "2x0 Vargem Alta" lançado em 2015.

O show faz parte do projeto No Caminho do Farol, uma iniciativa do Instituto Maranhão Sustentável e o Casa d’Arte Centro de Cultura, que desenvolve atividades sociopedagógicas e culturais para produção, exposição e fruição de bens culturais e históricos na região da Ilha do Maranhão, oferecendo à comunidade oportunidades de entretenimento e informação. Nesse contexto, o Projeto  prevê 10% dos ingressos de forma gratuita a artistas e multiplicadores do município de Raposa e também uma Vivência Artística nas Fronhas Maranhenses com Chico e Artistas maranhenses.

Chico Chico , nascido e criado no Rio de Janeiro, é um cantor e compositor cuja estrada começou com enriquecedoras experiências integrando bandas como Zarapatéu (grupo de música brasileira fundado em 2008 com o qual chegou a gravar um raro EP) e Uzoto (banda de rock carioca formado em 2009). Nesse período rolaram shows em diversas casas que fazem parte da vida cultural ativa da cidade, como Teatro Rival, Odisséia e outros tantos espaços da Lapa e Santa Teresa. A partir daí o palco já se mostrava como uma extensão de casa, uma sala de estar.

Após a dissolução dos grupos, Chico Chico começou a investir num projeto mais pessoal com estilo muito mais particular e ainda assim abrangente. Seu repertorio é basicamente autoral, passeia pelo Morro de São Carlos com Luiz Melodia e encontra Crosby, Stills and Nash pra uma jam session imaginária na Califórnia. A influência essencial é o folk como podemos ouvir em “As Folhas da Praça Paris”, mas há elementos evidentes do rock e blues, experimente “Notas de Cem” ou “Quanto Calor”, e da música brasileira de forma geral, inclusive “Amor Pra Dar” é um delicioso forró. Nascia o projeto “2x0 Vargem Alta”, que gerou um elogiado CD de repertório basicamente autoral, e inédito, e diversos shows.

Paralelamente houve o encontro com Júlia Vargas numa bem sucedida temporada no histórico Beco das Garrafas e depois um giro pelo Brasil, nesse formato. Inclusive levou a duas noites históricas no palco sagrado do Circo Voador, se apresentando com a Júlia, com a banda e contando com a participação de diversos músicos amigos e ídolos.

Desde o início de 2016, Chico se dedica prioritariamente à banda “13.7”, formada por amigos que instigam a criatividade musical e a composição coletiva. Com o “treze” - além de fazer shows em festivais importantes como “Sai Da Rede”, “Bourbon Folk & Blues Ilhabela” e “Universo Paralello” - está gravando as músicas que farão parte do primeiro disco do grupo, a ser lançado ainda no primeiro semestre de 2018. Chico também anda sozinho por aí, ou em duo quase sempre com João Mantuano, que também é parceiro de banda, em trio se mais algum amigo quiser colar e até mesmo em quarteto, mas isso já é outra história. Ou seja, como diria Itamar Assumpção, “sorte não haver o que segure o som”.

Chico Chico vem acumulando canções e experiências de vida. Através da música ele conta o mundo pelo seu ponto de vista, e pode ser por meio do rock, samba, folk, reggae, frevo, forró, ou até mesmo um funk ou baião. Nunca é certo o que vamos ouvir entre suas tantas composições, a única certeza é a vontade de reouvir tudo no final de cada show. E você não pode perder essa oportunidade de se conectar ao som e realçar a vida.

Além do Show, o público poderá apreciar as comidinhas criativas feitas pelo Chef da casa, Thiago Brito, e dançar através da diversidade musical da discotecagem do Produtor Cultural Wagner Heineck. O Centro de Cultura estará aberto a partir das 20h.

SERVIÇO
O quê? Show Chico Chico (Voz e violão)
Quando? 14 (sábado), 20h
Onde? Casa d´Arte Centro de Cultura. Rua do Farol do Araçagy, nº 09 – Raposa/MA
Quanto? R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Vendas de ingressos e maiores informações no site: www.casadarte.art.br/chico-chico

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Rafa e Pipo Marques em São Luís



Dia 13 de abril (sexta-feira) é dia de show com Rafa e Pipo Marques,  os filhos do Rei do Axé, Bell Marques. Os meninos  prometem fazer da casa um grande trio elétrico! E a festa ainda terá o Imperador Bruno Shinoda e o Dj Rogério Mix, na nova casa de show, Allure, na Rua dos Maçaricos, 215 (Lagoa da Jansen, próximo antigo Salomé Bar).
Allure tem capacidade para 1.000 pessoas, toda climatizada. A casa possui sistema acústico, excelente estrutura de palco, som, iluminação, equipe treinada para melhor atender ao público exclusivo da Ilha, proposta de inovação, requinte, elegância e sofisticação reunidos em um só lugar. Allure, um novo conceito de casa de show Vip chega na Ilha do amor e você escolhe o melhor local onde se divertir: Pista, camarote e lounge.

Rafa e Pipo Marques
Os irmãos Rafael (Rafa) e Filipe (Pipo) Marques iniciaram a banda Rafa e Pipo Marques em 2011, com o nome Oito7Nove4, mas a bagagem musical dos dois vem de berço, com o pai, o cantor Bell Marques.
Um dos grandes sucessos da banda tem a participação de Wesley Safadão, com a música “Quando você me procurar”. A banda ainda conta com diversos sucessos e composições que fizeram parte do carnaval de salvador.
Além da música Minha Vida, que marcou o lançamento da banda, o álbum conta com as músicas Se Não Puder Voar, Tô de Boaça e Cada Vez Te Amo Mais, que eles ganharam de presente do cantor e compositor Carlinhos Brown e na qual dividiram os vocais com o pai, Bell Marques.

Serviço
O que? Show Rafa e Pipo Marques
Quando? 13 de abril (sexta-feira), 22h
Onde? ALLURE (Lagoa da Jansen, próximo antigo Salomé Bar)
Quanto? Primeiro Lote R$ 40,00 Pista; R$ 60,00 Lounge
Informações:  (98) 98263-4982, (98) 99101-7301
Atrações: Rafa e Pipo Marques, Bruno Shinoda e DJ Rogerio Mix
Realização: Allure (Júnior Sales e Leandro Costa) e Jr Sales Produções.

Show de lançamento do CD Camapu de Cesar Teixeira



O lançamento do novo cd de Cesar Teixeira, Camapu, será no dia 18 de abril às 20h, no Teatro Arthur Azevedo. Com um repertório inspirado nos ritmos da cultura popular maranhense como o bumba-meu-boi, tambor de crioula, coco da roda, divino espírito santo e outros ritmos tradicionais do Maranhão, o cantor e compositor sobe ao palco para mostrar ao público um trabalho primoroso com várias músicas inéditas.
O novo cd de Cesar Teixeira, que conta com o patrocínio do Governo do Estado do Maranhão e Grupo Mateus, através da Lei de Incentivo à Cultura, é recheado de composições inéditas do artista e outras que já fazem parte do cancioneiro maranhense desde o início de sua carreira nos anos 70, mas que nunca tinham sido gravadas, exceto “Boi da Lua” e “Aves de Rapina”. O cd, gravado no estúdio Base SLZ,  conta com 12 faixas, entre os destaques, além da faixa-título “Camapu”, estão: “Juçara”, “Boi de Medonho”, “Professor Bibi”, “Toada de Passarinho”, “Baiãozinho”, “Lua do Mangue”, “Forró do Corta-Jaca, dentre outras.
O show de lançamento de “Camapu” terá a participação especial de grandes nomes da música maranhense como Flávia Bittencourt, Claúdio Lima, Criolina, Célia Maria, Lena Machado, Rosa Reis e Mairla Oliveira.

Com duração de 90 minutos, o show tem direção musical de Rui Mário, que também participa do show no piano e na sanfona, percussão de Wanderson Silva e Marquinhos Carcará, violão de Mano Lopes, flauta de João Neto, violoncelo de Jorlielson Lima e back vocal de Regina Oliveira, Natália Coelho e Mairla Oliveira.

Os ingressos do show serão trocados por 01 quilo de alimento não perecível, que vão poder ser trocados na bilheteria do Teatro Arthur Azevedo. Esses alimentos serão doados para famílias carentes do bairro do Desterro, localizado no centro histórico de São Luís, capital maranhense.

“Camapu”, título do cd e de uma música de César Teixeira, refere-se a uma planta herbácea do gênero Physalis, cujos frutos agridoces eram vendidos pelas ruas de São Luís do Maranhão em grandes cofos de pindoba. Embora considerada “erva daninha”, a planta é muito utilizada na medicina popular, sendo atualmente objeto de pesquisa para o tratamento de doenças neurodegenerativas.

O último cd de César Teixeira, “Shopping Brazil”, foi lançado em 2004 e era o primeiro registro do artista maranhense interpretando sua própria obra, sendo ele, um dos compositores mais gravados do Maranhão. Nomes como Rita Benneditto, Alcione, Papete, Claúdio Lima, Flávia Bittencourt, Chico Maranhão, Gabriel Melônio, Célia Maria, Cláudio Pinheiro, dentre muitos outros cantores já imortalizaram grandes composições do artista em cds.

 
SERVIÇO:
O quê: Show de lançamento do CD “Camapu”
Quando: 18 de abril (quarta-feira), às 20h
Onde: Teatro Arthur Azevedo (Rua do Sol – Centro)
Ingressos: 1kg de alimento não perecível, trocados na bilheteria do teatro
Fonte: Assessoria de Comunicação

Venda de ingressos para show do Roberto Carlos em São Luís já começaram


Os ingressos para o show de Roberto Carlos, que será realizado no dia 12 de junho, no estacionamento do São Luís Shopping já estão disponíveis para venda  na Bilheteria Digital (Shopping da Ilha) e Loja 4Mãos Store (São Luís Shopping).
Após temporada de grande sucesso realizada em Portugal, com as casas de espetáculo lotadas em todas as apresentações e depois de seis anos sem cantar em São Luís, Roberto Carlos promete mais uma vez emocionar o público maranhense.
Entre os sucessos que serão apresentados, temos o mais recente, a canção Sereia, da novela das 21 da Globo “A Força do Querer”, de Glória Perez.
O cantor, que em novembro de 2015 foi homenageado pelo Grammy Latino como personalidade do ano, lançou o CD “Primeira Fila”, gravado em Londres, no Estúdio Abbey Road, desperta todo o carinho e admiração nos milhões de fãs que o acompanham pelo Brasil e pelo mundo.
Um ícone da credibilidade, romantismo, da religiosidade e da família. Roberto Carlos vai sem dúvida alguma arrebatar os fãs com mais um show impecável ao lado de sua orquestra e coral.  
Serviço
Evento: Show Roberto Carlos em SÃO LUÍS/MA
Local: Estacionamento do São Luís Shopping
Data: 12 de junho, Dia dos Namorados
Abertura dos Portões: 19h30
Classificação: 16 anos
Valores dos Ingressos:
SETOR AZUL NUMERADAS/ 1º lote
- R$ 380,00 - Inteira
- R$ 190,00 - Meia                      
SETOR AMARELA NUMERADA/ 1º lote
- R$ 280,00 - Inteira
- R$ 140,00 - Meia    
SETOR BRANCO/ 1º lote
- R$ 100,00 - Inteira
- R$ 50,00 - Meia
Ponto de venda: 4Mãos Store (São Luís Shopping) e Bilheteria Digital (Shopping da Ilha).
VENDAS ON LINE: www.myticket.com.br.
Informações: (98) 3016-6663 / @4MAOS
Realização: DC7, Multi Entretenimento, Solo Muisc  e 4Mãos Entretenimento.

Múltiplas Faces em exposição na Galeria de Arte do Sesc

Retratando a diversidade e promovendo uma reflexão sobre os padrões sociais, a exposição Múltiplas Faces traz ao público ludovicense 24 desenhos que mostram que as diferenças também podem unir. De autoria de Clara Vidotti, o objetivo é romper, ampliar os limiares da definição de feminino. A abertura da mostra está agendada para esta quinta, dia 12 de abril, na Galeria de Arte do Sesc localizada na Praça Deodoro, às 9h30.
Composta por 24 desenhos de técnica mista, a coletânea surgiu a partir da observação constante de pessoas no dia a dia, que quase sempre estão com pressa e carregam uma miscelânea de emoções e impessoalidades escondidos em uma face, uma máscara construída de valores sociais.
Buscando trazer à tona a essência do ser humano, a artista maranhense e estudante de artes visuais Clara Vidotti instiga uma reflexão sobre as relações pessoais e interpessoais, aceitação e valorização e o reconhecimento das diferenças e respeito às mesmas a partir do traço firme e delicado da nanquim e da mistura de cores aplicadas nas obras.
 
PROGRAMAÇÃO
 
Abertura: 12 de abril/2018 as 9h30
Roda de conversa com a artista Clara Vidotti
Local: Galeria de Arte do Sesc Centro (Av. Gomes de Castro, 132, Centro, São Luís/MA)
Período: 13 de abril a 18 de maio/2018, das 9h às 17h (exceto sábados, domingos e feriados)
Plano de Visitas Mediadas - (98) 3216 3830
Email: galeriadeartesescma@gmail.com